no site na web Voltar ao inícioHome PesquisarPesquisarFale conoscoContatoMapa do siteMapa do Site

Vacina contra HPV

Os HPV oncogênicos induzem principalmente ao câncer do colo uterino, mas também estão associados ao câncer de orofaringe, ânus, cavidade oral, laringe, vulva e pênis.
Cerca de 99% dos casos de câncer de colo uterino e das lesões precursoras de alto grau estão associados ao HPV de alto risco. Os HPV são classificados por números, sendo que os tipos 6 e o 11 são os responsáveis por 90% das verrugas genitais (Condilomas) em homens e mulheres e os tipos 16 e 18 associam-se a 70% dos casos de câncer do colo uterino. Os outros tipos oncogênicos (45, 31, 33, 52, 35, 58, 59 e 56) estão relacionados com o restante dos casos de câncer de colo uterino.
A prevalência de HPV em adultos jovens (14 a 29 anos) é de 15% sendo que 50 a 70% deles serão infectados durante a vida. Mais de 90% dos infectados vão apresentar uma infecção assintomática que evoluirá para cura natural. Os 10% restantes vão apresentar lesão sub-clínica ou clínica e muitos evoluirão para regressão espontânea das lesões. Porém alguns casos (cerca de 2%), se não tratados, vão evoluir para lesões de alto grau e o câncer do colo uterino. Dada a alta incidência dessa infecção o número de casos que evolui para câncer torna-se significativo.    
Estudos indicam que após 12 meses da primeira relação sexual 25% das mulheres já apresentem HPV cervical.
Os HPV 16 e 18 também estão associados a 70% dos casos de câncer de vulva e vagina na mulher e a 70% dos casos de câncer de ânus em homens e mulheres.

Agora já existe a vacina contra a infecção pelo HPV.
O laboratório Merck Sharp & Dohme desenvolveu uma vacina tetravalente, ou seja, contra quatro tipos de HPV(6, 11, 16 e 18), responsáveis por 90% das verrugas genitais em homens e mulheres (HPV 6 e 11) e 70% dos casos de câncer de colo uterino na mulher (HPV 16 e 18).
Trata-se de uma vacina que utiliza partículas semelhante ao vírus chamadas VLP (vírus-like particles), portanto uma vacina incapaz de causar doença e não oncogênica. Nos estudos mostrou eficácia de 100% para verrugas genitais e neoplasia intra-epitelial cervical (NIC), para os tipos contidos na vacina. Para a infecção contra o HPV (6,11,16 e 18) mostrou eficácia de 90%.
Esta vacina foi liberada pela ANVISA e já está disponível ao público. Foi aprovada para uso em mulheres de 9 a 26 anos de idade. Estudos com outras faixas etárias e em homens estão sendo desenvolvidos.
Será administrada via intra-muscular, em 3 doses, sendo a primeira dose na data escolhida e as demais doses com intervalos de 2 e 6 meses a partir da primeira dose.
As reações adversas foram poucas e semelhantes às outras vacinas em uso.

Obs.: Vacina já disponível na Clínica Blue Star.

 
 
Voltar Topo Indicar a um amigo Imprimir
 
Voltar ao inícioHome PesquisarPesquisarFale conoscoContatoMapa do siteMapa do Site

Clínica Blue Star
Rua Paulo Maldi, 138 - Tucuruvi - São Paulo - SP - CEP: 02303-050 Tel/Fax: (11) 2262.9188
www.bluestar.com.br           clinica@bluestar.com.br

Responsável Técnico: Dr Roland Hannes - CRM 41319
As informações contidas neste site não substituem, em hipótese alguma, sua visita regular ao seu médico.
Somente o médico está apto a diagnosticar qualquer problema de saúde.

  Nipotech